domingo, janeiro 31, 2010

Fevereiro & Michael Haneke

O primeiro mês do ano já lá vai, marcado pela mudança de blogue e pela homenagem ao grande cineasta Federico Fellini. Se, em Janeiro, presenciamos o surrealismo, a magia e o para além daquilo que seria imaginável, então Fevereiro estará sinalizado por um grande antagonismo. Apresentamos aos leitores Michael Haneke - o recém-preamiado com a Palma de Ouro, em Cannes, pelo seu último grande filme "O Laço Branco". Afirmada e afincadamente realista, Haneke iniciou a sua carreira como produtor de televisão até desta se tornar um feroz crítico, demonstrando como a pequena caixa, tal como toda a evolução tecnológica subjacente, seria determinante para uma mudança irreversível nos comportamentos do ser humano. Haneke é, portanto, mais do que um cineasta - é um antropólogo, clínico, analítico, estudando o que de pior (e melhor?) tem o novo Homem moderno. Será, pois, um mês que proporcionará, pelos filmes visualizados, grandes reflexões, pois estamos perante uma figura cuja obra merece um estudo sincero e deveras atento. Não fosse ele a dar a este espaço o título - O Sétimo Continente.

Assim, não deixem de passar pelos blogues CINEROAD, seeSAWseen e Split Screen, tal como o do nosso convidado deste mês - Literatura e Cinema. A todos eles desejo bons filmes e um bom mês de Fevereiro, tal como aos nossos leitores, claro está! Entretanto, não deixem de (re)ler as críticas já compostas aos filmes de Michael Haneke:

5 comentários:

  1. Para mim, pessoalmente, vai ser um mês de descobertas. E que descobertas! Desejo a todos um mês em grande e em especial aos nossos visitantes, que alimentam estas parcerias de meses!

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  2. Embora já tenha despachado tudo de Haneke - pelo menos o que planeado, pode, ainda, surgir outro título que tenha a oportunidade de ver - fora mesmo um mês de descobertas. Haneke é um realizador... fascinante.

    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  3. Jackson, obrigado! Por que não aproveitas e vês, enquanto está ainda nos cinemas, O LAÇO BRANCO? É um filme estupendo. E sim, estamos de acordo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Bela iniciativa com bons artigos que já mereceu destaque aqui:

    http://www.facebook.com/goetheinstitutportugal

    ResponderEliminar

Assine, sempre que possível, o seu comentário.