sexta-feira, julho 06, 2012

Metropolis — para continuar a refletir sobre cinema


Eis divulgado o número 0 de uma nova revista portuguesa de cinema: Metropolis (em cima: a capa). Desenvolvida por um conjunto de críticos e jornalistas profissionais (entre eles contam-se os colaboradores do blogue sound + vision, do Diário de Notícias, da revista Premiere e do portal Cinema 2000), este é um espaço, gratuito e online, que pretende refletir e discutir a atualidade – e a memória – cinematográficas. Até o número 1, a sair oficialmente no próximo mês de setembro ao lado de um site, a Metropolis ainda passará por uma outra edição em agosto. Conto com os leitores para divulgarem e partilharem as vossas opiniões sobre o projeto recém-nascido. Nesta edição escrevo sobre as carreiras de Todd Haynes, Todd Solondz e Béla Tarr, críticas aos filmes O Cavalo de Turim (Tarr) e A Cidade dos Mortos (Sérgio Tréfaut) e ainda o primeiro texto da rubrica A Dois Tempos. Cannes 2012, Wes Anderson e O Fantástico Homem-Aranha são outros dos vários assuntos tratados nesta nova revista. Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Assine, sempre que possível, o seu comentário.