quarta-feira, outubro 12, 2011

Um cartaz muito político


Podia ser apenas uma brincadeira de Photoshop mas não é: o cartaz português (em cima) divulgado da longa-metragem “Nos Idos de Março” (título original: The Ides of March), escrita, realizada e interpretada por George Clooney, substitui, da versão original, uma capa da revista Time por uma da… Sábado! Entendemos o motivo (razoável) de tratamento dramatúrgico para demonstrar o carácter globalizante da política norte-americana e entendemos até mesmo a estratégica promocional de, em cada país em que a obra é lançada, aproximar o público a um referente que lhe seja conhecido. Mas questionamos: não será a Time um nome suficientemente reconhecível, forte e credível para o motivo que vemos diante de nós? E qual terá sido o critério utilizado para a preferência da Sábado (e não sejamos ingénuos a comparar o conteúdo e importância da revista portuguesa e o da norte-americana)? De qualquer das formas, fiquemos com a substituição com que nos presenteia o  português: em vez do destaque da Time (Is This Man Our Next President?) ficamos com a anulação da tentativa de uma qualquer ilusão narrativa do universo do filme (Nesta edição: Filme: Nos Idos de Março). A menos que “Nos Idos de Março” fosse sobre um filme chamado “Nos Idos de Março” (e não é), o cartaz português não consegue esconder uma promoção que tudo tem de perverso e de desnecessário.

2 comentários:

  1. Tendo a concordar. Por outro lado, sem chamar a ninguém ignorante, penso que todas as pessoas que terão a curiosidade de ver este filme saberão a importância da revista Time no mundo actual.


    Abraço
    Frank and Hall's Stuff

    ResponderEliminar

Assine, sempre que possível, o seu comentário.