terça-feira, setembro 06, 2011

Queer pop (6/30): Scissor Sisters


Filthy / Gorgeous (2005), dos Scissor Sisters
Realizado por John Cameron Mitchell

O realizador John Cameron Mitchell tornou-se nome de proa do panorama do cinema queer na década dos zeros através do impacte dos seus dois filmes Hedwing and The Angry Inch (2001) e Shortbus (2006) entre ambos passando representações de sexualidades e reflexões sobre género que não limitou contudo a esses dois momentos. De resto, os dois telediscos que realizou entre os dois filmes traduzem esse mapa de interesses. Um deles foi First Day Of My Life, para os Bright Eyes. O outro Filthy / Gorgeous, para os Scissor Sisters.

Quinto single extraído do álbum de estreia da banda, Filthy / Gorgeous era já um “clássico” de palco quando lhe é dada ordem de edição. O teledisco, criado para acompanhar o lançamento, lança uma câmara pelos espaços de um bar gay, em alguns recantos olhando situações sexualmente quase-explícitas, o que “garantiu” a sua proibição em algumas televisões. Houve uma segunda versão, com filtro, mas mesmo assim o melhor dos telediscos dos Scissor Sisters acabou por ser o menos divulgado da sua obra.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Assine, sempre que possível, o seu comentário.