sexta-feira, setembro 02, 2011

Queer Pop (2/30): The Knife

Pass This On (2003), dos The Knife 
Realizado por Johann Renck 

Estamos numa sala de um qualquer centro cívico. Só não sabemos se em espaço rural ou urbano. Num canto da sala alguém de vestido azul dobra-se e carrega no botão play. Ouve-se música. A figura é a de um travesti. Que dança e imita os gestos de quem canta a canção dos The Knife que serve de banda sonora ao teledisco. Da plateia observam-no. Sem palavras. Apenas olhares. Não sabemos se da tensão que se instala resultará um conflito ou uma festa... O teledisco, a seu tempo, encarrega-se de encontrar um final para a história (nada como ver para o entender).

Realizado por Johan Renck (o mesmo realizador que assinou Hung Up de Madonna ou She’s Madonna de Robbie Williams), o teledisco que acomopanha Pass This On, dos suecos The Knife, é um precioso exemplo de sugestão narrativa com principio, meio e fim (e por esta ordem). A canção integra o alinhamento do álbum Deep Cuts (de 2003), o segundo dos The Knife.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Assine, sempre que possível, o seu comentário.