domingo, maio 08, 2011

Um teaser para o novo Almodóvar


A próxima longa-metragem de Pedro Almodóvar, a competir na 64ª edição do Festival de Cannes (já para a semana), intitulada La Piel que Habito, acaba de lançar um teaser trailer. A história incide sobre a vingança de um cirurgião (António Banderas) motivada pela violação da sua filha. A apresentação coloca, ao espectador, e de acordo com os momentos escolhidos a serem vistos, algumas certezas. A primeira: o realizador parece ter esgotado, no precedente Los Abrazos Rotos, a fórmula que lhe era própria de retratar o mundo, digamos feminino, de uma Espanha em desagregação, mergulhada em crise económica e de identidade cinematográfica, tais são as múltiplas expressões que o país têm vindo a revelar continuadamente, distribuindo, cada vez menos, a imagem de Almodóvar como modelar. A segunda: mantém-se a estilização melodramática nas composições do filme, significando isto que, muito embora esteja a explorar trilhos que lhe são desconhecidos, Pedro afirma-se mantendo um estilo que não empresta a ninguém mais senão aos melodramas clássicos de Hollywood. No entanto, e em paralelo, La Piel que Habito lança a sua dúvida: estará o resultado final adequado à qualidade dos seus melhores filmes (leia-se: os icónicos «Tudo sobre a minha Mãe», «Fala com Ela», «Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos» e «Má Educação») ou a incursão pelo terror, ficção científica e film noir ultrapassará, para além da zona de conforto, a sua capacidade? É o que se espera responder depois de uma luta (que promete ser renhida) na Riviera Francesa e da sua estreia na Península Ibérica (depois do Verão). Até lá, ficamos com uma interessante entrada. 

1 comentário:

Assine, sempre que possível, o seu comentário.