sábado, maio 21, 2011

Quando The New World é o Malick preferido deles

João Gonçalves | autor do blogue Modern Times
Malick é antes de tudo um poeta visual. Atento à Natureza, ao Homem e a tudo o que o rodeia. The New World é a história mais simples de todas e a mais complexa: o amor entre um homem e uma mulher.
A Natureza como mais um personagem, presente e constante observador, tudo tão límpido. Longe da civilzação, longe do Homem. O sol, as águas, as plantas, é este o Cinema de Malick: Belo e puro.
João Lameira | autor do blogue numa paragem do 28
Chamar panteísta a Terrence Malick pode soar a facilidade, mas o adjectivo assenta-lhe demasiadamente bem para que se o evite. Se em "Thin Red Line", essa busca pelas sensações nas imagens e nos sons encostava perigosamente num "new age" de pacotilha, em "The New World", Malick, através do olhar do vulnerabilíssimo Colin Farrell (a alma como guia), abre-se e abre-nos (a)o novo mundo das Américas, das jovens nativas, dos amados ingleses e das mãos que roçam pela florestação. Pela dormência e pelas feridas, é a melhor rima para "Miami Vice", de Michael Mann, da mesma altura e com o mesmo actor. São os dois melhores filmes-ambiente da década passada.
Roberto Simões | autor do blog CINEROAD
Deslumbrante em cada imagem. Em cada som. Em cada silêncio... O NOVO MUNDO é espiritualmente magnífico e emocionalmente profundo. Visualisá-lo, constitui uma experiência transcendental e derradeiramente purificante, de grande fôlego romântico e reflexivo.
Escolho O NOVO MUNDO não por ser o meu favorito. Em Malick não tenho favoritos. OS DIAS DO PARAÍSO ou A BARREIRA INVISÍVEL estão igualmente ao mesmo nível. Escolho O NOVO MUNDO porque sim.

2 comentários:

  1. Obrigado pelo convite em deixar por aqui esta minha breve impressão ;) Como tem sido aprazível, esta iniciativa sobre Malick - é um prazer imenso ler (quase) diariamente sobre Malick, no teu blogue.

    Roberto Simões
    CINEROAD

    ResponderEliminar
  2. Eu é que te agradeço, Roberto. E ainda bem que tens gostado de acompanhar esta iniciativa :)

    ResponderEliminar

Assine, sempre que possível, o seu comentário.