sábado, maio 07, 2011

IndieLisboa 2011 [3]: Amor, punk e o envelhecimento

«Não é um filme sobre Genesis P-Orridge, não é sobre as bandas vanguardistas lendárias e não é sobre a história da era do punk pós-industrial e a cena musical underground. É um filme sobre o amor que nunca envelhece. Um filme sobre como Genesis e Lady Jaye se apaixonam perdidamente, um filme sobre o lado do amor que consome e nos faz querer comer a outra pessoa. Um filme que desconstrói qualquer ficção do eu. Um filme que suspende qualquer laço politicamente correcto do amor e de como dois corpos devem fundir-se num só. Um filme que no limite nos faz querer estar apaixonados», escreve Nina Veligradi sobre a longa-metragem The Ballad Of Genesis And Lady Jaye que se enquadra na secção da Competição Internacional, realizada por Marie Losier e que hoje o São Jorge projecta às 21:30, com repetição no dia 9, às 21:45.

Aconselha-se a leitura do balanço do dia no IndieLisboa, escrito pelo Diogo Figueira no seu blogue, aqui. Recorda-se que, ainda hoje, no Musicbox, decorrerá, a partir da 1 da manhã, a Festa Indie powered by Jameson, que conta com o DJ set Medásósangue, Lady G. Brown e João Gomes.

1 comentário:

Assine, sempre que possível, o seu comentário.