sábado, maio 15, 2010

Noite e Nevoeiro

5 comentários:

  1. Foi dos primeiros (senão o primeiro) retractos/documentários do Holocausto.

    ResponderEliminar
  2. Sim, Álvaro, é dos primeiros e dos melhores também, por se enquadrar tão bem na atmosfera pós-Holocausto vivida nas cores com que se inicia o filme.

    ResponderEliminar
  3. Foi realizado apenas 10 anos após o fecho de Auschwitz. Um marco histórico e estético.

    ResponderEliminar
  4. Nunca tive coragem para ver. Precisamente por causa de duas das imagens que aí puseste, é óbvio quais são.

    É inacreditável o ponto a que o ser humano chegou em pleno séc XX. Assustador.

    ResponderEliminar
  5. Sem dúvida, Victor.

    Eu acho, Carlos, que devias dar-lhe uma oportunidade quando te achares preparado. É um filme poderoso e forte (penso que há sequências piores que não se ilustram pelas imagens, daí não as ter posto), que merece ser visto. Mas eu compreendo-te perfeitamente - é assustador, sim, mas foi a realidade...

    ResponderEliminar

Assine, sempre que possível, o seu comentário.