sábado, janeiro 02, 2010

:Ainda sobre a adopção e o casamento gay



Este novo ano inicia-se sob a política portuguesa voltada a temas estruturalmente importantíssimos como é o caso da crise económica e do desemprego. Contudo, após mais uma observação por demais expectável do Presidente da República quanto à crise de valores, há que relembrar que, no dia 8 deste mês, Portugal preparar-se-á para assinalar um momento histórico nacional, como também internacional - a discussão sobre a legalização dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo (excluindo, da proposta apresentada pelo Partido Socialista, a adopção, sendo dado o argumento de que a sociedade não teve, ainda, o debate necessário sobre essa questão), com a quase garantida aprovação pela maioria parlamentar. Desta forma, e com o tema a ferver tanto, é perfeitamente natural que se originem discussões aqui e ali sobre ele (basta reparar que já existe um movimento que se encontra a recolher assinaturas para o assunto vá a referendo, como já referi aqui).
Deixo-vos, portanto, com um excelente artigo de Pedro Madeira, publicado em 2006, de leitura e compreensão bastante simples mas apresentado com uma clareza e argumentação espantosas, que servirá, provavelmente, para reforçar (ou mudar) a vossa perspectiva sobre o casamento e a adopção entre homossexuais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Assine, sempre que possível, o seu comentário.